Vereador cria lei de programa médico da escola de período integral na rede pública

Ampliar a saúde básica também o ensino de Extrema projetando mais qualidade de vida para as crianças, os jovens e os adolescentes. Este é um dos objetivos que estão inseridos no Projeto de Lei 2.000/2014, apresentado por João Calixto de Morais, vereador da Câmara Municipal de Extrema/MG.

“A ideia é fazer o atendimento médico nas escolas da rede municipal trabalhando a prevenção de doenças infantis por meio de atendimento médico nas creches e EMETI (Escola Municipal em Tempo Integral) da rede. O atendimento previsto nesta lei será efetivado através de Unidades Móveis de Saúde que serão dotadas do equipamento mínimo (necessário para atendimentos preventivos e profiláticos)”, conta João Calixto.

O vereador explica ainda que as unidades móveis contarão com uma equipe composta de pediatra, dentista, oftalmologista, enfermeiro e motorista. “As visitas serão quinzenais a cada escola da rede pública. A Secretaria de Saúde da Prefeitura administrará o programa médico em período integral e o laboratório farmacêutico da cidade de Extrema visará abastecer de medicamentos as unidades móveis”, completa. Caberá ainda à Secretaria fazer o levantamento estatístico de atendimento praticado.

Na justificativa apresentada no Projeto de Lei, João Calixto foi enfático em afirmar que a iniciativa dotará a saúde de um dos maiores bens de uma sociedade: as suas crianças, jovens e adolescentes. Ele explica: “Cuidar das gerações futuras é garantir um mundo mais igualitário. O vereador deve incentivar as políticas públicas com ênfase no trabalho jovem”.

Hoje Extrema conta com as seguintes EMETI “Heili Mozart Simões”, que fica na Vila Rica, e a “Celso Luiz Ferreira Pó”, da Vila Esperança. As CEIMs (Centro de Educação Infantil Municipal) que atendem o município são: “Professora Maria Aparecida Egídio” (Centro, ao lado do Quartel da 27ª Cia. de PMMG), “Odila Azevedo Marques Paiva” (Vila Esperança), “Judith Bertolotti de Oliveira- ‘Dona Teca’” (bairro rural da Roseira), “Edna Maria da Silva Gomes” (Centro) e “Cacilda dos Santos Ribeiro Branco (Agenor). Nas CEIM serão beneficiadas 1.146 crianças e o total de alunos é de 827 nas EMETI’s.Vereador_cria_lei_de_programa