Plano Diretor é uma das pautas da 13ª Reunião Ordinária

planodiretor_13reuniaoordinaria

 

A Câmara de Vereadores de Extrema, reunida pela 13ª Sessão Ordinária na segunda-feira (10), aprovou por 8 votos a 2 o Projeto de Lei Complementar nº 116, que altera a redação do artigo 118 e acrescenta parágrafo único na lei complementar nº 83 de 25 de fevereiro de 2013 – Plano Diretor (prorrogação de prazo para vigência, que se estendeu para o dia 31 de julho do ano corrente). É importante lembrar que anteriormente foram agendadas audiências públicas para consultar a população extremense, sobre o projeto de lei do Plano Diretor, antes de ser colocado em pauta para votação. Porém, sem êxito, devido à falta da participação popular. Os votos contrários foram dos vereadores Carlos Renato de Oliveira e Danilo de Morais. Outro projeto que teve votação idêntica ao nº 116 foi o de nº 1850, que autoriza a desafetação do bem público. Na ocasião, também foram votados mais três projetos que foram aprovados por unanimidade. São eles: Projeto de lei nº 1865, que altera a redação do parágrafo 1º, artigo 3º e acrescenta artigo na lei nº 2664 – Durecom Comércio, Indústria e Assessoria Ltda; Projeto de lei nº 1867, que autoriza o Poder Executivo destinar apoio financeiro em prol da Comunidade Terapêutica Resgate para Cristo e projeto de lei nº 1869, que autoriza o Poder Executivo conceder isenção à empresa Multilaser Industrial Ltda. 

Na oportunidade as 82 indicações apresentadas pelos parlamentares foram aprovadas por unanimidade, bem como todas as moções e requerimentos. Vale ressaltar a presença expressiva da população na reunião. A próxima sessão acontece no dia 17 de junho, às 19h30.