“Marcinho” é eleito presidente da Câmara de Extrema

Mesa diretora – Após a abertura dos trabalhos da cerimônia de posse e da 1ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Extrema no domingo, 1º de janeiro, o grupo de vereadores composto pelos edis Márcio José Vieira, Juliano Maximino de Toledo, Danilo de Morais e Luiz Fernando Ferreira apresentaram chapa para a eleição da mesa diretora 2013. Não havendo mais inscrições, a decisão foi unânime e os onze vereadores aprovaram a indicação.

O empresário extremense Márcio José Vieira, carinhosamente conhecido pela população como “Marcinho do Gás”, é o chefe do legislativo extremense em 2013. Como vice, assume o dentista, vereador Juliano Maximino de Morais. Danilo Morais, que é professor de ensino médio, foi eleito 1º secretário. Já Luiz Fernando Ferreira, que lecionava aulas na Escolinha de Futebol do município, representará a Câmara de Extrema como 2º secretário.

A atual mesa diretora da Câmara de Extrema ministrará todos os trabalhos do legislativo extremense, além de dar suporte aos anseios e compromissos firmados com a municipalidade, de forma geral. “É um trabalho dedicado que sugere representatividade e interação com o anseio social. Todos os vereadores estarão com os seus gabinetes abertos com o objetivo de ouvir, acompanhar e fiscalizar a atuação do executivo, além de dar respaldo ao cidadão”, destacou Márcio.

Em seu pronunciamento durante a cerimônia de posse, o presidente da Casa de Leis lembrou a importância da parceria entre os vereadores e do objetivo que os elegeu: “A posição do vereador na esfera política do município esbarra na confiança depositada nas urnas. Confiança é uma virtude que jamais devemos deixar de honrar porque é algo divino, que representa uma sociedade mais justa, igualitária; com a benção de Deus”, falou Márcio.

O vice-presidente, Juliano de Toledo, lembrou também que o envolvimento e a atenção social são as principais ferramentas que irão transformar Extrema numa cidade mais promissora: “Nosso município será sustentado por sérias políticas públicas”.Marcinho e eleito presidente da Camara