Executivo sanciona projeto ‘Dia Municipal de Debates Quebrando o Silêncio’ da vereadora Telma Maciel

Foi aprovado pelo prefeito de Extrema/MG, João Batista da Silva, o Projeto de Lei Nº 2.675 – “Dia Municipal de Debates Quebrando o Silêncio”, de autoria da 1ª secretária da mesa diretora da Câmara, vereadora Telma Aparecida Maciel. A proposta assume caráter educativo e acontecerá no quarto sábado do mês de agosto de cada ano. O objetivo principal é colocar em discussão a prevenção contra o abuso e a violência doméstica.

“Essa iniciativa é promovida desde 2012 em oito países da América do Sul (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai) e precisa ganhar representatividade também no nosso município. Iremos trabalhar a conscientização popular, em particular das crianças, mulheres e idosos, sobre a importância de pôr um basta à violência através do ensino de regras simples e eficazes de prevenção e sobrevivência ao abuso. O foco da ação não fugirá à orientação das famílias, pais e filhos, educadores e alunos sobre o assunto, levando esclarecimento quanto aos seus direitos e alertando quanto à necessidade de quebrar o silêncio e buscar junto aos órgãos competentes o apoio necessário”, explicou Telma.

Ainda de acordo com a autora do projeto serão promovidas distribuição de panfletos e revistas temáticas e de palestras com o intuito de formar um padrão cultural que fortaleça a luta contra a violência familiar. “Precisamos resgatar os valores cristãos do amor e respeito ao próximo, unindo ainda mais as famílias que são facilitadoras da interiorização de valores. Por fim, e não menos importante, travaremos uma grande batalha para coibir os abusadores. (…) É um projeto de mais amor para toda a sociedade e de maior liberdade de expressão para todas as mulheres”, disse. Telma adiantou também existe uma proposta que será colocada em prática e que leva o nome de ‘Marcha das Mulheres’. “Essa iniciativa ganhará às ruas de Extrema entoando uma única voz: não à violência às mulheres!”, finalizou.