Câmara e Casa do Cidadão despedem-se do querido amigo ‘João de Deus’

O servidor coordenava os setores de emissão de CTPS e da JSM da Câmara de Extrema

Foi incontável a quantidade de elogios tecidos ao servidor municipal João Batista da Silva, popularmente conhecido como “João de Deus”, durante a sua trajetória de atuação na esfera pública tanto da Prefeitura quanto da Câmara dos Vereadores de Extrema. Após ser vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) e permanecer internado na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) do Hospital e Maternidade São Lucas de Extrema, ele veio a falecer na manhã da sexta-feira, 19/6. Mesmo contando com grande torcida e orações de familiares e amigos por sua recuperação, João cumpriu o seu legado nesta vida e partiu ao encontro de Deus – a qual fazia imensa questão de tê-lo até em seu codinome.

Dono de um caráter ilibado e politicamente correto, João ingressou na Prefeitura de Extrema em 2001 como auxiliar administrativo, além de supervisor e coordenador de Recursos Humanos. Passou pelo Departamento de Compras e Licitação e chegou a ser chefe de divisão. Já na Casa do Cidadão da Câmara dos Vereadores coordenava o setor de emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e da Junta do Serviço Militar (JSM). Pontual em suas atividades, sempre esteve ao lado das pessoas prestando um serviço de qualidade e com atenção. “Era um exímio colaborador. A praticidade e a agilidade nos processos administrativos faziam parte do seu cotidiano. É uma grande perda não somente para o poder público devido à sua capacidade e compromisso em bem atender, mas também como querido amigo. A Câmara dos Vereadores segue enlutada e abraça cada familiar e amigo neste momento de grande comoção”, contou o presidente do Legislativo, vereador Leandro Marinho.

Nascido em 18/11/1957 na cidade sul-mineira de Pouso Alegre, João era filho de Sebastião Ferreira da Silva e Lourdes Felizardo da Silva. Fica pra sempre uma lacuna na vida daqueles que realmente o amaram nesta vida e noutros planos espirituais. (Fonte: ASCOM/CME; Por Léo Demeter – Jornalista Mtb 13.986 MG)