Nota de Repúdio e Esclarecimento

A Câmara dos Vereadores de Extrema vem a público informar que tomou conhecimento das postagens inverídicas envolvendo funcionários do Legislativo na comunidade Boca no Trombone da rede social Facebook. A Casa de Leis apurou a fundo todos os fatos e repudia a publicação maledicente, que se caracteriza pela má fé e pela articulação de opositores que querem denegria a imagem de uma instituição séria. Tal publicação tentou incitar ódio entre os participantes da referida comunidade, o que manifesta-se numa ação vexatória e que inferioriza os colaboradores do Legislativo. Cabe esclarecer que o fato mencionado não passou de uma brincadeira entre colegas de trabalho que, juntos, já esclareceram o ocorrido entre as partes.
A Câmara dos Vereadores repudia toda e qualquer forma de agressão e manifesta-se sobre o assunto com total repugnância, principalmente por se tratar de um ambiente social onde o bem estar da população é a principal forma e fonte de trabalho, além de cuidar dos colaboradores legislativos com carinho, atenção e zelo.
Cabe salientar que as pessoas citadas na veiculação da referida comunidade procuraram amparo legal e aguardam a decisão das autoridades com o objetivo de resguardar a moralidade e a verdade dos fatos, principalmente tratando-se de uma publicação tendenciosa, criminal e ardilosa, tentando mudar o foco do processo de “CPI – CASO SAMU” instaurada nesta Casa de Leis. Também foi instaurado um Boletim de Ocorrência com o objetivo elucidar o fato e trazer à verdade à tona, preservando assim os bons costumes e o respeito entre todos, além de notificar a comunidade Boca no Trombone e a usuária que vinculou notícia caluniosa, instigando ódio entre os usuários, para que seja punida pelo ato. Por fim fica notória a atenção do Legislativo no resguardo da moralidade da ética social.

Extrema, 5 de fevereiro de 2020.