Marcinho Vieira, Presidente da Câmara, participa da entrega de prêmios à Hosana Ortiz, artista plástica de Extrema, no Terraço Itália em SP

Reconhecimento profissional e incentivo à arte. Estes foram alguns dos motivos que levaram o Instituto do Patrimônio Histórico (IPH) do Estado de São Paulo a conceder à artista plástica extremense, Hosana Ortiz, duas importantes premiações: Primeiro Prêmio de Instalação na “Exposição Amazônia Sempre Verde” e a Menção Honrosa em Pintura. A obra, exibida na mostra da 1ª Quinzena Cultural da Distrital Sudoeste realizada no Shopping Butantã na capital paulista, é uma parceria da Distrital de São Paulo e reuniu obras de mais de 40 artistas que apresentaram pinturas, esculturas, fotografias e arte shipó.

O Presidente da Câmara de Extrema/MG, vereador Márcio José Vieira, esteve na premiação que ocorreu na Galeria Edmondo Biganti do Circolo di Italia, que fica no Edifício Itália.

“Hosana desenvolve um importante trabalho frente ao ‘Portal das Artes’, que é uma iniciativa da Secretaria de Cultura da Prefeitura. Com isso, ela promove o aprimoramento artístico dos alunos e injeta ânimo na veia cultural extremense. A premiação representa o reconhecimento da capacidade e da habilidade dessa grande artista que  revela o nosso município em eventos nacionais e também do exterior”, disse Marcio Vieira.

Emanuel von Laustein Massarani, presidente do IPH, foi quem entregou o troféu e os diplomas de reconhecimento. Para o crítico de arte, o trabalho de Hosana é uma referência nacional: “Quando ela foi convidada para ir a Roma e a Florença/Itália tinha uma razão: mostrar o que o Brasil produz em termos de artes. Fico comovido porque ela é entusiasta e nunca parou com o trabalho”, disse. Massarini elogiou também o Executivo pela construção da Fábrica de Cultura no Centro da cidade. “É uma iniciativa fantástica porque se tornará um local para estudo, de exposições e de conferências para as artes, música e etc.”, pontuou. Ele finalizou: “Hosana faz parte desse processo de crescimento cultural do município porque ela não tem um estilo clássico na forma moderna. É excepcional, altamente contemporânea e preparada ao mesmo tempo, com um pé no passado. Que Extrema saiba conservar essa artista e terei grande prazer em divulgar novos talentos”.

Hosana foi categórica quando questionada sobre as premiações: “É importante recebê-las, mas estas conquistas são um conjunto de ações, de incentivos, de apostas em novos talentos e de oportunidades. Divido com cada cidadão as premiações porque juntos fortalecemos o nosso projeto ‘Portal das Artes’ que atua em prol à cultura de Extrema. Agradeço ainda o Presidente da Câmara, Marcinho Vieira, pelo apoio e incentivo às artes”. Estiveram na premiação Dr. Claudio Ferranda, diretor cultural do Circolo, e os escritores Jorge Bussab e Odacy de Brito. (Por Léo Demeter – Jornalista / Mtb 13.896 MG – ASCOM/Câmara Municipal de Extrema)

1a7 9 9a 60072a    3 4a 1