Ensino em libras será realidade para deficientes auditivos em Extrema

Vereador João Calixto de Morais

O ensino da Língua de Sinais é considerado cada vez mais importante para a inclusão de deficientes auditivos na sociedade em todo o Brasil, já que essa linguagem destinada aos surdos possibilita que eles encontrem seu espaço na sociedade, se informando e conquistando novos espaços em suas vidas pessoais e profissionais, fazendo deles cidadãos mais conscientes de seus direitos e deveres como qualquer outra pessoa.

Em Extrema, essa necessidade de ensinar na rede pública de educação a linguagem das libras se faz necessário há muito tempo, e para que isso se tornasse realidade, o vereador João Calixto de Morais solicitou pessoalmente ao executivo que os deficientes auditivos possam contar com professores intérpretes de libras para lecionar e alfabetizar todos os surdos do município que desejam aprender.

Em reunião no gabinete do prefeito, após o vereador expor essa necessidade e contar sobre o grupo de deficientes auditivos que o procurou pedindo ajuda para conseguir ter acesso a essas aulas, ficou acertado que haveria essa oferta o mais rápido possível para atender essas pessoas.

A prefeitura já publicou um edital de processo seletivo para preenchimento de vagas e em breve irá definir como serão oferecidas as aulas, bem como local, horário, divisão de turmas, entre outros.