Câmara de Extrema: unida a favor da vida

Vereadores abraçam uma causa social que incentiva a doação de sangue, órgãos e medula

O coração da política de Extrema/MG está batendo ainda mais forte (é isso mesmo que você acabou de ler). De mãos e braços dados em prol à vida, os vereadores Danilo de Morais, Dr. Roberto de Cunto, Sidney Soares de Carvalho – Walderrama –, e René Cursino criaram o Projeto de Lei Nº 2.454, que refere-se ao Projeto “Doadores do Futuro”. A ação não poderia receber nome mais sugestivo pois trata do incentivo e da conscientização dos alunos da rede municipal de ensino sobre a importância da doação de sangue, medula e órgãos. “O nosso objetivo é motivar (e preparar) a geração de jovens e adolescentes para o exercício da cidadania, ou seja, despertar a solidariedade àqueles que mais precisam”, explicam os vereadores da Câmara de Extrema.

Em entrevista, Danilo disse que a interação social é fundamental para alimentar mais essa corrente do bem. “Ajudar o próximo é ajudar a nós mesmos. É garantir uma sociedade mais justa e igualitária. O mundo hoje é testemunha (e vítima) de uma onda de violência que se projeta nas mais diferentes formas: preconceito, guerras, crimes políticos, terrorismo, desavenças familiares, torturas, discriminação, segregação, trabalho infantil, abandono, exploração sexual e muitas outras. Por isso é necessário injetarmos mais amor na veia de cada ser humano. Pensando nisso, estamos criando o ‘Doadores de Futuro’. A ideia é sensibilizar a nossa futura geração e transformá-la em multiplicadora de cidadania. Poderemos, assim, trabalhar com base numa ação que já vem dando certo em muitas cidades do país”, acrescentou o vereador.

O ‘Doadores do Futuro’ consiste também na programação de cursos, seminários e campanhas com os alunos, seus familiares e a comunidade que interage direta e indiretamente com a escola. É um formato social capaz de orientar sobre a importância de cuidar do próximo, incentivando a doação de sangue, medula e órgãos. A inciativa será desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde por meio dos profissionais da área de hematologia. “Iremos estimular os jovens para a cidadania. Por isso o Legislativo abraçou a causa e será um grande parceiro na promoção da melhor qualidade de vida para todos. Porque doar sangue, órgãos e medula é doar vida”, finalizaram os edis.