‘Juninho’, presidente da Câmara, visita Centro de Convivência do Idoso em Socorro/SP

Na terça-feira (3), o presidente da Câmara Municipal de Extrema/MG, vereador Edvaldo de Souza Santos Junior – “Juninho” – foi conferir de perto o trabalho que vem sendo realizado há quase três anos no Centro de Convivência do Idoso, na cidade de Socorro/SP. O espaço é carinhosamente chamado pelos 26 idosos que utilizam dos serviços com “segundo lar”.

Mariângela de Morais Oliveira, coordenadora do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), é a responsável pela direção do espaço. “O centro é dirigido pela Secretaria Municipal de Cidadania da Prefeitura da Estância de Socorro e conta com o apoio de diversos outros segmentos como Saúde, Esporte, Cultura e muitas outros. “Fazemos parte do projeto ‘Quero Vida’, da SEADS (Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social) do Estado de São Paulo, e somos uma verdadeira família. Aqui os idosos encontram carinho, atenção e cuidado. É um espaço de convivência para pessoas com mais de 60 anos onde elas podem passar horas agradáveis durante o dia, com atenção integral, garantindo também o seu convívio familiar”, explicou a coordenadora. Ela acrescentou: “Ainda de acordo com ela, o programa desenvolve o acolhimento, a proteção e a convivência de idosos semidependentes cujas famílias não tenham condições de prover cuidados durante todo o dia ou parte dele. O projeto auxilia o atendimento humanitário e a valorizarão da melhor idade, de forma geral. Aqui o idoso tem à sua disposição atenção, alimentação, higiene pessoal, cultura e recreação – tudo isso num espaço lúdico, com acessibilidade, total higiene e segurança; além de muito carinho e amor”, frisou Mariângela.

O atendimento no Centro de Convivência do Idoso de Socorro começa às 8h e encerra-se no final da tarde. “Eles recebem café da manhã, almoço, café da tarde e outros lanches. O trabalho é acompanhado por uma nutricionista da Prefeitura e por monitores dão auxilia aos trabalhos. Além da alimentação, são ofertadas aulas de artesanato e de música, sessões de fisioterapia, atividades físicas e muita diversão – tudo para trazer à tona a importância do idoso na sociedade e a sua reinserção no ambiente familiar. Oferecemos ainda o transporte gratuito, ou seja, o veículo busca o idoso na sua casa e faz o mesmo trabalho ao final da tarde, levando-o de volta à sua residência”, destacou a coordenadora.

PROJETO MODELO – Após visitar a “Creche do Idoso”, Juninho se reuniu com o secretário municipal de Cidadania, Franks Félix do Prado. “Além de saber como é o funcionamento e a gestão desse primordial mecanismo social que é a ‘Creche do Idoso’, soube de outros projetos desenvolvidos pela Secretaria”, comentou o presidente da Câmara. No encontro, Juninho deu ênfase na importância de se cuidar daqueles que cuidaram de outras pessoas e no papel dos profissionais envolvidos na iniciativa. “Cuidar do idoso é responsabilidade da iniciativa público-privada. O projeto desenvolvido no município paulista de Socorro é lindo e deve ser copiado por todas as cidades brasileiras. Existe ainda a questão da reinserção social e a manutenção dos vínculos familiares que dão base ao trabalho desenvolvido no Centro de Convivência. Tudo é feito com carinho, atenção, extremo profissionalismo e total higiene”, disse. Em entrevista, o presidente da Casa de Leis disse que se reunirá com a Secretaria de Ação Social da Prefeitura de Extrema com o objetivo de unir esforços para incentivar a criação de um espaço similar ao desenvolvido em Socorro. “Tudo o que sugere melhorias para o cidadão e incentivo à melhor qualidade de vida deve ser copiado. Este projeto é de significativa relevância porque cuida de uma parcela da sociedade que está esquecida até mesmo pelos próprios familiares, que é o idoso. Em breve teremos novidades sobre essa ação que impulsionará, certamente, o quadro assistencial da nossa Extrema”, finalizou Juninho. Juliana Hashimoto e Gilberto de Jesus Junior, coordenadores do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) de Socorro, acompanharam a visita ao Centro de Convivência do Idoso. “Quero agradecer ao Sr. Leonildo, mais conhecido como ‘Bem-Te-Vi’, e a sua esposa Cione – que são membros da Associação de Bairro dos Forjos -, que me informaram sobre o projeto realizado em Socorro”, finalizou Juninho. (Fonte: ASCOm / Câmara Municipal de Extrema)

1a 2a 3a 4a 5a 6a