Vereadores de Extrema se reúnem com a diretoria da COPASA na busca de soluções para a falta d’água no município

O presidente da Câmara de Extrema/MG, vereador Leandro Marinho, o vice-presidente, Dr. Roberto de Cunto, e os vereadores Edvaldo de Souza Santos Junior – Juninho da Dello, Rafael Silva de Souza Lima – Tita – segundo secretário da mesa diretora, e o assessor jurídico do Legislativo, Dr. Bruno Bertolotti, estiveram em Belo Horizonte na terça-feira (30) na sede da empresa Companhia de Abastecimento e Esgoto (COPASA) para tratar sobre assuntos importantes sobre o abastecimento de água no município.

Vereadores de Extrema cobram da estatal COPASA a regularização no sistema de abastecimento de água e esgoto

Os vereadores foram recepcionados pelo vice-presidente da estatal, Tadeu José de Mendonça, e diretor de Operações do Sul de Minas, Frederico Delfino. Na sede na capital mineira foram discutidos assuntos pertinentes aos problemas recorrentes enfrentados pela população extremense.

“Estamos preocupados com os inúmeros problemas que a população vem enfrentando devido ao desabastecimento. Muitos bairros frequentemente sofrem com a falta d’água – como é o caso dos Tenentes –, que necessita de medidas urgentes para que os moradores possam abrir suas torneiras sem a preocupação de quando irá faltar, isso não pode acontecer de forma alguma já que todos pagam pela prestação do serviço.”, afirmou o presidente do legislativo, Leandro Marinho.

Segundo o vice-presidente da companhia, o crescimento de Extrema aconteceu de forma acentuada e rápida. “Esse é o principal fator que impossibilita que a empresa ofereça um serviço de qualidade para toda a população. A Copasa tem contrato firmado com a Prefeitura de Extrema até o ano de 2025, que um projeto de melhorias está sendo elaborado para atender as necessidades dos extremenses e deverá ser apresentado aos vereadores entre os meses de junho e julho deste ano”, disse.

“Somos vereadores e também consumidores da empresa no município, por isso estamos constantemente em contato com a Copasa já há um bom tempo para resolver questões como desabastecimento, falta de tratamento de esgoto, vazamentos e mau cheiro entre uma série de outros problemas. Temos certeza que com nosso trabalho de cobrança e fiscalização, lutando pelos direitos da população conseguiremos resolver. Vamos cobrar, fiscalizar e atuar a favor do cidadão porque o serviço precisa ser oferecido de maneira qualitativa e sem interrupções”, salientam os vereadores.

A Câmara de Extrema está sempre disposta a ouvir as necessidades da população para buscar soluções para estes e outros problemas e a participação dos moradores é muito importante para o trabalho dos vereadores.