Vereadores de Extrema apresentam emendas que trarão melhorias ao Plano de Carreira do Magistério

Foi durante a 11ª Reunião Extraordinária, realizada na quart

 

a-feira, 29/11, que os vereadores da Câmara de Extrema/MG autorizaram o Poder Executivo a alterar dispositivos do Projeto de Lei Nº 2.561, Processo 267/17, que modifica o Plano de Carreiras do Magistério. Preocupados com os profissionais de ensino de Extrema, os vereadores também propuseram emendas à redação do projeto, que trarão benefícios e melhorias, além de agregar valores aos professores municipais. Um dos proventos defendidos pelo Legislativo foi a maior valorização na contagem da pontuação dos cursos realizados pelos servidores; alcançando assim o reconhecimento da classe e a justa estabilidade profissional.

 

Noroel Lamana Rossini, presidente do Conselho Municipal de Educação, e André Koga, responsável pela Secretária de Educação da Prefeitura, explicaram sobre a projeção na carreira do funcionalismo e a melhor organização da Secretaria de Ensino. Os vereadores que utilizaram a tribuna na Ordem do Dia foram João Calixto de Morais, Pericle Mazzi Filho – Pepi –, e Danilo de Morais.

Na tribuna, Noroel defendeu o projeto e disse que a pontuação, ano a ano, é atribuída aos professores dependendo do curso realizado – seja de curta, média, grande duração, pós-graduação, mestrado ou doutorado. “A partir de agora os pontos serão apostilados, ou seja, os pontos adquiridos não serão perdidos. Até na atribuição que foi realizada na vigência desse ano, tínhamos que apresentar – anualmente – os mesmos cursos, os mesmos papéis e isso era absurdamente burocrático, além de gerar um trabalhão. A partir desse ano não será mais assim porque a pontuação que está sendo passada aos professores já fica apostilada e não será mexida – isso só virá a acontecer no caso de um aumento. Caso o professor faça um curso novo, dado maior tempo de trabalho na rede, a pontuação aumentará. Essa é uma postura assumida pela atual administração – tanto do nosso prefeito, João Batista da Silva, como do André Koga, secretário de Educação. É um trabalho fantástico que vem sendo feito e que conta com o respaldo da Secretaria de Educação, que investe alto na parte pedagógica e promove uma gestão administrativa com eficiência e grande maestria. Tudo o que estamos conseguindo junto ao Conselho Municipal de Educação são mais frutos positivos à classe”, pontuou Noroel.