Vereadora Telma Maciel e PM discutem viabilidade do projeto ‘Vizinhança Protegida’ com moradores da região do Salto

Aumentar a segurança na zona rural e promover a união de toda a vizinhança na luta contra a criminalidade. Essas foram as principais pautas discutidas na reunião realizada na quarta-feira (12/12) pela 2ª secretária da Câmara de Extrema/MG, vereadora Telma Aparecida Maciel, e o comando do 59º Batalhão de Polícia Militar com os moradores da região rural dos bairros dos Saltos (Baixo, Meio e de Cima).

“Em visitas que realizo nas residências e também nas demandas que chegam ao meu gabinete são registradas inúmeras solicitações que sugerem a criação de uma rede de vizinhos e comerciantes. Essa sugestão tem caráter preventivo de caráter social, ou seja, desenvolve-se a busca da confiança e no engajamento das pessoas, exercendo de forma gradativa a solidariedade e a preocupação com o bem estar do próximo. A ideia essencial é fazer com que o cidadão se torne uma espécie de guardião da sua área ou região, ou seja, que ele atue de forma mútua e comprometida, alertando a todos os integrantes da rede sobre a presença de pessoas e veículos suspeitos por intermédio de sinais sonoros, gestuais, uso de aplicativos para celulares e outras estratégias, impedindo que infratores se utilizem do fator surpresa e dificultando, assim, sua atuação”, explicou Telma. Ainda de acordo com a vereadora, é importante que seja mantida uma conexão com a Polícia, garantindo o repasse de informações diretas aos agentes que compõem o sistema de defesa social que direcionarão suas atuações pontualmente onde for necessário.

Segundo a Polícia Militar há registro de aumento no índice de furtos as residências na região. “Precisamos nos unir e ganhar forças para termos tranquilidade e garantia de uma vida livre de violência. Trabalhando em parceria com as Polícias poderemos projetar uma cidade mais segura. Essa prática ajuda a inibir a criminalidade e, por ventura, traz mais tranquilidade para todos”, reforçou Telma.

O projeto já existe em outros bairros urbanos e localidades do município. “É uma importante parceria que precisa ser fomentada por toda a vizinhança, pelos agentes militares e pela comunidade, de forma geral. Assim, residências e estabelecimentos comerciais terão mais tranquilidade”, acrescentou Telma. Ela ainda reiterou o seu apoio no combate à criminalidade e reforçou a luta e a união junto à comunidade extremense. Os participantes do projeto terão em suas residências uma placa contendo o slogan “Rede de Vizinhos e Comerciantes Protegidos”.