Saúde, mobilidade urbana, transporte escolar e melhor idade foram pautas da 4ª Reunião Ordinária da Câmara de Extrema

Aconteceu na segunda-feira, 5/03, a 4ª Sessão Ordinária da Câmara de Extrema/MG. Foram aprovadas 33 indicações, três moções, um requerimento e o Projeto de Lei Nº 2.605 que trata de doação condicionada de área industrial.

O presidente da Casa de Leis, vereador Edvaldo de Souza Santos Junior – Juninho da Dello – abriu a reunião falando sobre a semana de comemoração ao Dia das Mulheres e a Pauta do Dia. Foram aprovados pelo Legislativo todos as proposições presentes na Ordem do Dia.

“O requerimento que tratava da convocação do secretário de Saúde para esclarecer um áudio gravado por um servidor da secretaria e divulgado em aplicativo de conversa foi aprovado”, disse Juninho. Segundo o presidente, é importante ouvir os esclarecimentos do secretário, afim de trazer transparência à população. “A Câmara tem a responsabilidade de indicar melhorias, fiscalizar, legislar, apoiar ações e garantir melhorias em áreas como saúde, educação, saneamento básico, esporte, cultura, ação social, meio ambiente, turismo e muitas outras”, comentou Juninho da Dello.

Os vereadores que usaram a tribuna no Expediente foram a 2ª secretária, Telma Aparecida Maciel Lopes, João Calixto de Morais, Pericle Mazzi Filho – Pepi, Dr. Roberto de Cunto, o 1º secretário da mesa, Leandro Marinho, e Pastor René Cursino. Já na Ordem Dia, quem fez uso da plenária foram Pepi e João Calixto.

A 5ª Sessão Ordinária está marcada para 19h30 da segunda-feira, 12/03, e será transmitida ao vivo pela TV Câmara. Mais informações estão no site www.camaraextrema.mg.gov.br