Parlamento Jovem de Extrema retoma atividades em fevereiro

Vereador Danilo de Morais, padrinho do projeto, convida todos os alunos da rede de ensino para as reuniões que acontecerão na Câmara Municipal

 

Está agendada para a segunda-feira (22/1) a primeira reunião administrativa do Parlamento Jovem (PJ) de Extrema/MG. O tema a ser trabalho em 2018 será “Violência Contra a Mulher” e as reuniões continuarão acontecendo na Câmara Municipal.

O vereador Danilo de Morais, padrinho do projeto, explica a retomada da iniciativa com os estudantes das escolas da rede de ensino do município e adianta que a reunião dará início ao cronograma de trabalhos deste ano.

“Além do tema principal que é a ‘Violência Contra a Mulher’, iremos desenvolver mais desdobramentos com foco no estudo e na atuação de subtemas ligados aos outros tipos de violência: a doméstica,

 

dos espaços institucionais de poderes e os de assédio sexual. Queremos despertar nos jovens uma questão social que, infelizmente, se esbarra no nosso cotidiano. A violência contra a mulher, na maioria dos casos, ocorre de maneira silenciosa e está cada vez mais presente no cotidiano de todas as classes sociais – seja na casa, no trabalho, na rua, no transporte público. A simples punição não ajuda a mudar o comportamento cultural da sociedade, mas o comportamento futuro pode ser bastante influenciado se trabalhado com conscientização e a atuação dos poderes públicos na formação de uma sociedade mais participativa e consciente. Mesmo o Brasil tendo em vigor há dez anos a Lei Maria da Penha, criada para coibir esses tipos de práticas criminosas, o problema ainda persiste e não se resolve por completo. A taxa de violência é altíssima. Por isso é preciso debater o tema que se manifesta nas mais diversas formas, desde a discriminação ao assédio no ambiente de trabalho até estupros e outras formas de agressão física e psicológica. Precisamos dar um basta nessa situação!” comenta Danilo.

 

PJ POLO EXTREMO SUL

Extrema é uma das cidades que integram o PJ Extremo Sul de Minas Gerais. Também fazem parte os municípios de Cambuí, Camanducaia, Córrego do Bom Jesus e Gonçalves. “Unidos, os alunos das cinco cidades sul-mineiras poderão trocar novas ideias e mais experiências, afim de somar forças para fortalecer essa ação tão fundamental para a nossa sociedade que é combater a violência. Iremos apresentar propostas que futuramente serão levadas à Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Em BH teremos maior representatividade junto às mais altas esferas políticas”, explicou o vereador.

Danilo finalizou dizendo que o objetivo do PJ é melhor formação social com foco no discernimento político e cidadão: “O PJ Minas atua também por meio da Escola do Legislativo, com a parceria com a PUC Minas e as Câmaras Municipais. Certamente realizaremos em 2018 um trabalho muito bonito e importante para a defesa e proteção da mulher. O fundamental é desenvolvermos o senso crítico cada vez mais atuante, com desenvolvimento ao bem estar coletivo”. O vereador estendeu ainda o convite a todos os alunos da rede pública de Extrema para participarem das reuniões. Mais informações sobre o PJ Extrema podem ser obtidas pelo telefone (35) 3435-2623.