Parlamento Jovem da Câmara de Extrema continua os trabalhos

Na 6ª reunião do Parlamento Jovem (PJ) de Extrema/MG foi debatido o tema “Violência nos espaços institucionais de poder”. No encontro do dia 2/05, os alunos foram conhecer as instalações da Comarca do Fórum Municipal, que é a sede do Poder Judiciário do município.

O encontro foi ministrado pela Dra. Maria Fernanda Manfrinato Braga, juíza de Direito, e Dra. Rogéria Cristina Leme, promotora de Justiça de Extrema. Ambas trabalharam a questão da violência em espaços públicos. “A abordagem foi no sentido de investigar a manifestação da violência de forma não explícita e física dentro de instituições da nossa sociedade, como a família, escola, local de trabalho e etc.”, contaram os vereadores Danilo de Morais e Pericle Mazzi Filho – Pepi.

Também foi realizada uma roda de conversa onde os alunos puderam desconstruir conceitos e repensar valores de cidadania e respeito a todos.

Já na 7ª reunião do PJ de Extrema, “Violência e Assédio Sexual” foi o tema de discussão que aconteceu na quarta-feira, 9/05, no plenário da Câmara Municipal. Os alunos participaram de uma roda de conversa sobre o tema, que contou com a participação especial da advogada, Dra. Thais Bertolotti Mazzi. A abordagem foi no sentido de dar visibilidade ao assunto a partir de algumas realidades, já que muitas mulheres têm dificuldade de identificar o ato. O assunto também foi debatido pelos alunos que puderam desconstruir conceitos, pois os desafios das mulheres são muitos e é necessário discutir isso para encontrar soluções e combater essa questão.

Os encontros do PJ Extrema acontecem sempre às quartas feiras, às 18h, na Câmara Municipal. Saiba mais informações pelo telefone (35) 3435-2623, nos Ramais 228 e 233. (Fonte: ASCOM – Câmara de Extrema / Léo Demeter – Jornalista Mtb-13.896 MG)