Para ‘Juninho da Dello’, presidente da Câmara, 2017 foi um ano bastante positivo

Juntas, Câmara e Casa do Cidadão somaram mais de 15.500 atendimentos no ano passado

 

A responsabilidade com o poder público, a maior participação do cidadão nas decisões políticas do município e a grande atuação dos vereadores foram fatores bastante trabalhados em 2017 da Câmara de Extrema/MG.

Edvaldo de Souza Santos Junior – Juninho da Dello –, presidente da Casa de Leis, fez um balanço do período e destacou as principais ações do Legislativo. “Nossa preocupação em 2017 – assim como em todos os anos – foi reforçar a comunicação com o extremense para deixá-lo ainda mais próximo das decisões políticas. Projetamos, dessa forma, maior transparência dos trabalhos legislativos e lado a lado com o cidadão conseguimos planejar um trabalho mais eficaz, com foco no crescimento municipal, e capaz de atender todas as demandas”, comentou Juninho.

Segundo ele, os onze vereadores tiveram uma atuação bastante positiva. “Os atendimentos à população foram pontos de destaque nesse atual gestão. Além disso, as visitas aos bairros urbanos e rurais do município e as reuniões com as entidades assistenciais e as associações de bairros foram rotina no dia a dia do Legislativo, buscando assim maior participação e debate na vida política do extremense. Todos os nossos esforços foram no sentido de prover mais eficiência na aplicação dos recursos, tanto que a Câmara economizou 25% da Receita destinada ao Legislativo, gerando uma grande economia aos cofres públicos”, explicou o presidente.

Juninho ainda disse: “Temos o compromisso de realizar um trabalho ainda melhor em 2018. Mais um objetivo é concretizar a comprar de um terreno para a construção da Casa do Cidadão. A ideia é levar mais conforto ao munícipe, trazendo mais comodidade e melhorando também a logística, além de priorizar mais atendimento de ponta e melhorar a oferta dos serviços”, acrescentou.

 

CÂMARA EM NÚMEROS

Durante 2017, foram realizadas 33 reuniões ordinárias – todas elas transmitidas ao vivo pela TV Câmara – e 14 sessões extraordinárias. Nas reuniões foram aprovadas 822 indicações, 77 requerimentos, 302 moções e 308 projetos. “Os números revelam um trabalho sério e comprometido com o bem estar do extremense. Tivemos um período bastante produtivo que projetou uma Câmara ainda mais atuante e participativa. Além das reuniões, realizamos as Audiências Públicas da LDO, PPA, LOA e sobre o Transporte Público. Nelas, o cidadão pôde participar e dar a sua opinião para o crescimento municipal”, enumerou Juninho.

Ele finalizou: “A Câmara Municipal e a Casa do Cidadão, juntas, contabilizaram um total de 15.500 atendimentos. Na Casa do Cidadão, o munícipe contou com os serviços gratuitos oferecidos no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) e no PROCON, além de informações referentes à emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e sobre o alistamento na Junta do Serviço Militar (JSM). “É um número muito satisfatório que me deixa feliz, pois estamos evoluindo em atendimento. Espero que o cidadão esteja ainda mais próximo de tudo o que envolve as decisões políticas da nossa cidade; participando e dando a sua opinião na busca por mais melhorias e realizações”.