Leandro Marinho, presidente da Câmara, cria o projeto ‘Ficha Limpa’ no funcionalismo público

Preocupado com a maior transparência dos atos administrativos, a rigorosidade na contratação de cargos comissionados e a boa conduta dos servidores públicos, o presidente da Câmara de Extrema/MG, vereador Leandro Marinho, criou o projeto “Ficha Limpa”.

A proposta, que tramitou na Casa de Leis durante a 17ª Sessão Ordinária na segunda-feira (8), foi aprovada por unanimidade pelos edis. “O foco é instituir a vedação de pessoas com ficha suja nos cargos comissionados dos poderes Executivo e Legislativo e trás na face da lei a vontade da população, que está indignada de ver pessoas com conduta reprovável serem premiadas com altos cargos de confiança na administração municipal, além daquelas inseridas em candidaturas em cargos políticos”, explicou Leandro.

Ainda de acordo com o presidente, a idoneidade e a conduta ilibada são fatores que embasam o projeto. “Para representar o cidadão é necessário que o funcionalismo público esteja com a sua ficha limpa, o que valoriza ainda mais o servidor de boa conduta e simbolize o cidadão com legitimidade, além de ser o alicerce da fundamental engrenagem que move a cidadania”, finalizou Leandro