Fomento à cultura foi pauta da 8ª Sessão Ordinária

A Câmara dos Vereadores de Extrema realizou na quinta-feira, 12/9, a 8ª Sessão Extraordinária da Legislatura 2017/2020. A reunião aconteceu no Cine Teatro Municipal Fábio Andrade de Oliveira – “Fabinho”, e foi acompanhada por um grande público. O assunto principal que foi debatido pelos edis girou em torno da cultura do município e da importância no fomento do setor. 
Além do setor cultural, a Câmara tem trabalhado com afinco e total atenção na aprovação de projetos voltados à saúde do cidadão, ao bem estar social das famílias, à criação de ferramentas que incentivam áreas como o turismo, o esporte, o lazer, a educação, além do desenvolvimento de setores como o meio ambiente e a habitação. 
A sessão foi aberta pelo presidente da Casa de Leis, Leandro Marinho. Estavam na plenária os vereadores Dr. Roberto de Cunto, vice-presidente, Telma Aparecida Maciel, 1ª secretária, Rafael Silva de Souza Lima – Tita, 2º secretário, Edvaldo de Souza Santos Junior – Juninho da Dello, Luiz Fernando Ferreira – Mantega, pastor René Cursino, Danilo de Morais e João Calixto de Morais.
Os vereadores que fizeram uso da tribuna foram João Calixto, Mantega, Juninho, Danilo de Morais e René Cursino. Representantes do setor cultural de Extrema, Talessa Alencar Pires, dançarina do Studio Camila Alcovér, e Mauro Cássio Siqueira, maestro do Coral Municipal, falaram sobre a importância do investimento no setor. Segundo eles, a cultura – assim como a educação – é um instrumento de formação do cidadão, serve para desenvolver o senso crítico, possibilitar reflexões e representar o município em eventos de expressão nacional e internacional.
Cabe ao poder público valorizar as diferentes formas de cultura, inclusive apoiar e investir na difusão das manifestações sociais e culturais. Saiba mais sobre o conteúdo legislativo no site www.camaraextrema.mg.gov.br