Concluída a Plenária Municipal do Parlamento Jovem do Legislativo extremense

A Câmara dos Vereadores de Extrema/MG realizou na quarta-feira (4/07) a Plenária Municipal do Parlamento Jovem (PJ), concluindo a sua etapa municipal e elegendo também a sugestão de tema para os trabalhos de 2019.

Os estudantes das escolas estaduais e privadas participaram das atividades que se iniciaram em março. Foram aproximadamente 15 encontros entre oficinas e grupos de trabalho, baseados no tema central “Violência Contra Mulher”. A proposta tinha ainda os subtemas “Violência Doméstica e Familiar”, “Violência nos Espaços Institucionais de Poder” e “Violência e Assédio Sexual”.

Durante o período das oficinas, os estudantes puderam debater o assunto e aprofundar os conhecimentos acerca da temática. Eles discutiram também algumas dessas questões com profissionais especialistas em uma roda de conversa formada por advogados, psicólogos e até mesmo com a juíza e a promotora da Comarca de Extrema, Dra. Maria Fernanda Manfrinato Braga e Dra. Rogéria Cristina Leme.

Os resultados do trabalho elaboraram propostas que foram votadas e priorizadas na plenária municipal. As propostas têm como finalidade ajudar no combate à violência e ampliar as políticas públicas de prevenção contra as variadas manifestações da violência.

Na plenária, das 17 propostas apresentadas, seis foram priorizadas para a Etapa Regional que acontecerá na Câmara de Extrema. A plenária contou com a colaboração dos coordenadores vereador Pericle Mazzi Filho – Pepi, e Felipe José Faria do Nascimento, chefe de gabinete coordenador do projeto, além dos alunos do PJ, Miguel Faria, da escola Objetivo “Terra”; Stephanie Locker, do colégio “Bom Pastor – ANGLO”; e os estudantes da Escola Estadual “Alfredo Olivotti”, Gabriela Alida Mazzi, Helena Oliveira Souza, Thiago Rodrigues e Rita Mariana.

“O trabalho na Plenária Municipal foi muito importante para os alunos adquirirem experiência e vivenciarem um ambiente parlamentar e que agora os trabalhos do PJ serão voltados à Plenária Regional, que ocorrerá na primeira semana de agosto, para que os alunos cheguem preparados e com boas propostas”, destacou Pepi.