Câmara e Prefeitura cobram providências da Arteris Fernão Dias

Reunião pautou o fim dos acidentes viários no Km 940 da BR 381 em Extrema

O investimento em segurança viária reduz em 23% o registro de vítimas fatais na Fernão Dias. Os dados são de abril deste ano e confirmados pela própria Arteris, que é a concessionaria responsável pelos 570 quilômetros da rodovia Fernão Dias (BR-381) e que possui contrato de concessão com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) até 2033. A rodovia liga as capitais de Belo Horizonte a São Paulo e passa por 34 municípios paulistas e mineiros, inclusive a cidade sul-mineira de Extrema – onde são registrados inúmeros acidentes fatais e colisões que colocam em risco a vida dos motoristas e das famílias que residem nas proximidades da BR.

Bastante preocupados com situação, o presidente da Câmara, Leandro Marinho, o segundo secretário da mesa diretora, Rafael Silva de Souza Lima – Tita, e o vereador Sidney Soares de Carvalho – Walderrama, se reuniram com o prefeito, João Batista da Silva, com o presidente da Arteris, Marcelo, e o gerente da concessionária, César Cintra, para discutir as melhorias pertinentes ao trecho que margeia Extrema e apresentar as demandas levantadas pela população que sofre com a questão. A curva da FRUM, localizada no KM 940, foi a pauta principal do encontro.

“Não é a primeira vez que cobramos providências das concessionárias que administram o trecho. Principalmente na curva da empresa FRUM são contabilizados inúmeros acidentes fatais que trazem insegurança, perigo e desconforto para os motoristas e à comunidade que utiliza da rodovia para o transporte escolar e para o trabalho. É um trajeto com alta periculosidade que necessita de investimento, atenção e prioridade”, comentou Leandro Marinho. O presidente da Câmara já protocolou aos órgãos competentes em Belo Horizonte/MG e em Brasília/DF documentos solicitando providências.

Em nota oficial, o prefeito João Batista da Silva divulgou que o trecho 940 da BR 381 – mais conhecido como curva da FRUM – receberá sinalizador de velocidade. “A decisão aconteceu nesta manhã quando a gestão municipal, juntamente com os vereadores, receberam representantes da concessionária Arteris que é a responsável pela manutenção da rodovia. A medida visa estabelecer controle de velocidade dos automóveis, afim de diminuir as ocorrências de acidentes no local. O trecho viário está localizado em frente à Indústria Metalúrgica Frum onde é comum motoristas ultrapassarem o limite de velocidade permitido, fato que tem ocasionado diversas situações prejudiciais ao trânsito local desde pequenas colisões até acidentes mais graves, com vítimas fatais”, comentou João Batista. Ainda de acordo com os vereadores e o prefeito, as cobranças já foram encaminhadas há muito tempo e agora foi refeita uma nova reivindicação. A ANTT está com nova presidência, por isso colocamos novamente os problemas. Caso não obtivermos o apoio da Arteris e da Agência Nacional de Transportes Terrestres teremos iremos buscar apoio legal e medidas mais agressivas. O cidadão precisa de mais segurança viária ao trafegar pela Fernão Dias”, comentaram os edis.

João Batista agradeceu também ao empenho do vice-presidente do Legislativo, pastor René Cursino, da 1ª secretaria da mesa diretora, Telma Aparecida Maciel, e dos edis Danilo de Morais que estão liderando, junto ao Executivo, alguns processos que buscam melhorias para os problemas que estão colocando a vida das pessoas.

OBRAS E INVESTIMENTOS NA RODOVIA

O trecho 940 da BR 381, em Extrema, necessita de outras benfeitorias como a conservação da malha viária e a colocação de outros sinalizadores e redutores de velocidade. Leandro Marinho pontuou que as ações são essenciais para vias mais seguras e livres de acidentes. “Chega de mortes. Precisamos de mais segurança, da tranquilidade ao viajar com as nossas famílias e do conforto ao retornamos para as nossas casas. Como poder público cobraremos urgência na aplicação dessas melhorias”, finalizou o presidente da Casa de Leis.

POPULAÇÃO PEDE MENOS SANGUE NA FERNÃO DIAS

A Arteris é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil com mais de 3.400 km administrados. Por meio de suas concessionárias, ela gerencia rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, que é o mais importante eixo econômico e industrial do país. Extrema elenca a segunda posição no ranking mineiro como município potencialmente econômico. Além do intenso fluxo de veículos de passeio que cruzam a fronteira entre Minas e São Paulo, o trecho extremense recebe intenso tráfego de veículos pesados oriundos de todas as regiões brasileiras e dos países da América do Sul. A grande movimentação numa das mais dinâmicas artérias cinzas de país coloca à prova a segurança de quem transita pela BR. Dados operacionais apontam para um aumento significativo de acidentes fatais na quilometragem que compreende o Sul de Minas e o noroeste paulista. Mesmo com investimentos realizados em 2018 pela Arteris Fernão Dias, ainda são contabilizados acidentes com vítimas fatais. O histórico na queda de fatalidades na BR-381, logo no primeiro trimestre de 2019, aponta para 8,4% – o que aponta para uma pequena queda de 23%. Embora seja um número menor ao registrado no mesmo período do ano anterior, ainda existem incidências de óbitos que preocupam as autoridades e a comunidade local. “Mesmo com a diminuição, estes números precisam ser zerados. É através de políticas públicas de atuação que iremos codificar esta redução e trabalhar para que o pai de família retorne com segurança para casa”, destacou Leandro Marinho. (Fonte: ASCOM / Câmara de Extrema / Léo Demeter Mtb 13.986 MG – Jornalista)